fbpx

Técnica de meditação Mindfulness para você fazer e ter resultados AGORA

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Se quiser pular para as técnicas, clique aqui

O que é a meditação mindfulness

De acordo com Jon Kabat-Zinn, fundador do Programa de Redução de Estresse Baseado em Mindfulness do centro médico da universidade de Massachusetts:

“Mindfulness significa prestar atenção de uma forma particular,
propositalmente, no momento presente e sem julgamentos”
.

O Propósito

O termo Mindfulness significa um estado de atenção e consciência plena sob o aqui-agora. Ele se baseia em focar totalmente no presente, e não em ter essa atenção em uma ansiedade ou em um pensamento estressante. Podemos imaginar uma situação, por exemplo, onde você esteja irritado e consciente de sua irritação. Essa forma de atenção é diferente da forma Mindfulness, pois, a atenção plena aplica um “reboot cerebral” que faz com que abandonemos os pensamentos obsessivos, acalmando o corpo e reenergizando-o. O método precisa de que estejamos presentes nas situações, absorvendo o momento e suas experiências, focando no que realmente importa.

Constantemente temos problemas em focar no que fazemos. Nossa mente viaja por diversos pensamentos afora; você pode perceber, por exemplo, que muitas vezes nos pegamos pensando em momentos ociosos (filas, dirigindo, etc) em como otimizar nosso tempo naquele dia e como fazer as coisas de forma mais eficiente. Essa dificuldade de estar no momento tira muito valor de coisas básicas e importantes.

Aplicar Mindfulness em uma ação nos ajuda a aproveitar a experiência, a otimizar nossa forma de pensar. Uma mente sem a atenção plena pode nos trazer muita ansiedade e exaustão.

Viver no presente

A mente passeia por muitos lugares quando está em inércia: isso inclui momentos de angustia, raiva, desespero, autopiedade, depressão, etc. Estes pensamentos todos pertencem ao nosso passado e, após extrairmos o que pudermos de experiência dele, a repetição do sentimento ruim só vai te trazer coisas ruins. Não que você deva esquecer todas as experiências, mas passar a pensar nelas de forma mais consciente e reflexiva, com uma intenção pré-definida, ao invés de seguir o fluxo ansiogênico de julgamentos e obsessões.

Viver o presente é uma grande dificuldade, mas ao conseguirmos, nos traz um mundo de paz e contentamento. É um efeito bola de neve de efeitos positivas que podem te beneficiar, como a tranquilidade em entrar em novos conflitos sabendo que você lidará melhor com emoções negativas, assim como aproveitará melhor as positivas. Existem, ainda, inúmeros benefícios provenientes da prática, como:

  • Melhora do foco e concentração;
  • Desenvolvimento de inteligência emocional e criatividade;
  • Diminuição de stress e ansiedade;
  • Sabedoria para lidar com estados depressivos;
  • Aumento da autoestima;
  • Aumento de imunidade fisiológica.

Sem julgamentos

Mindfulness é um estado emocional não-reativo, isso quer dizer que não desgastamos nossas emoções reimaginando algo na intenção de julgar se é positivo ou negativo. As coisas podem ser prazerosas ou não prazerosas, e isso não vai se perder, o que se evita é a reviravolta emocional que isso pode nos causar.

Equanimidade é como se chama esse estado de quietude e equilíbrio, onde você perde a ansiedade trazida pela angústia e consegue lidar com qualquer adversidade com calma e efetividade.

Passo-a-passo de meditação Mindfulness para se começar AGORA

Muitas pessoas costumam acreditar que não consegue meditar, alegando que não conseguem esvaziar a mente, que se sentassem para meditar iriam pensar em diversas coisas sem parar, mas é justamente isso que é exercitado durante o momento de meditação. Você vai, possivelmente, se distrair algumas vezes durante o procedimento e se pegar pensando em coisas da vida; este é o momento de exercício de reconhecer essa distração e tentar voltar o foco, deixando seu pensamento de lado e focando no agora.

  • Encontre um local ideal para começar: seus critérios devem ser o silêncio, o seu conforto e poucas distrações. Você pode fazer até no trabalho, desde que consiga ter um momento para si e evite objetos e coisas que te chamem atenção. Se você costuma ficar angustiado em saber quanto tempo se passou durante a meditação, coloque um despertador para poder esperar em paz;
  • Reconheça seus pensamentos prévios sobre o que você está fazendo. Você pode estar cético, desconfortável ou ansioso pela prática. Se você reconhecer qualquer tipo de emoção como as citadas que possam interferir, tente a substituir pela sua vontade de ficar relaxado e confortável;
  • Quando confortável, você deve escolher entre fechar seus olhos ou se concentrar em um ponto específico, mas geralmente os olhos fechados evitam mais distrações. Comece a observar sua respiração, eventualmente puxando o ar mais profundamente e com calma. Tente sentir o ar fluir dentro do seu corpo. Primeiro, perceba o desenvolvimento da respiração, desde o movimento das costelas, dos pulmões e do peito, até a passagem de ar na garganta e nas narinas;

Continue no processo de observar a respiração, não focar distrações e retomar a concentração. Uma boa forma de colocar sua atenção na respiração é contar os ciclos de inspiração-expiração de 1 até 10, quantas vezes você quiser; tendo feito isso por, pelo menos, duas vezes, você pode encerrar a técnica quando estiver satisfeito. Nas primeiras vezes você talvez sinta pouca eficiência, uma vez que acabou mais tempo pensando e se distraindo do que meditando, mas rapidamente isto deixa de acontecer com a prática e você sente os efeitos disso em sua vida, tanto de forma imediata quanto de longo prazo.

Estas mudanças podem soar simples, como um “apenas se distraia menos”, mas o conceito vai muito mais longe. Com a prática constante de meditação Mindfulness, este pensamento calmo, focado e eficiente passa a ser mais que uma prática constante, vira parte de você.

Aprender mindfulness de forma autônoma pode fazer grandes diferenças em sua vida, mas se você quer aprimorar de verdade sua performance, você deve procurar um profissional que te guie durante o processo, com as chamadas meditações orientadas. Acreditamos que a melhor forma de trazer consigo essa ajuda profissional é com cursos online de mindfulness, para conseguir encaixar em nosso cotidiano cada vez mais corrido.

Com isso, estamos muito empolgados de poder finalmente anunciar aqui o trabalho de um profissional que acompanhamos de perto o trabalho há tempos, o psicólogo clínico e especializado em terapia Gestalt, Caio Costi, e seu curso de mindfulness.

Acompanhamos este mundo de mindfulness como hobbie, e assim que soubemos deste curso, compramos para poder recomenda-lo. É um curso completinho, com as meditações guiadas em vídeo apresentadas pelo Caio em pessoa e de brinde, três e-books:

  • Como introduzir mindfulness na sua rotina;
  • Otimizando seu sono com mindfulness;
  • Mindfulness de Elite

Então, em uma só você tem acesso à e-books que expandem e aprofundam bem o tema e junto as benditas MEDITAÇÕES GUIADAS em vídeo, por um reconhecido psicólogo em pessoa.

Enfim, esse anuncio é feito de coração por nós como página e como consumidores e apreciadores do trabalho do profissional.

Posts relacionados

Pele

MBoah Tattoo Care vale a pena?

Acabe com aquela coceira irritante na cicatrização da sua tatuagem com MBoah, procure uma pomada especializada para não usar daquelas genéricas que só quebram um

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese

MegaMindfulness

O Mindfulness diminui ansiedade e stress e aumenta concentração e produtividade, ocupando apenas 2% do seu dia.